São Paulo Companhia de Dança apresenta oito horas seguidas de coreografias online

Mesmo com a reabertura de museus, cinemas, bares e restaurantes em São Paulo, autorizados a receber público presencialmente pelo governo estadual desde sábado (24), a maioria dos teatros e casas de show não deve voltar a abrir as portas nos próximos dias. Mas há uma série de programações online —entre elas, oito horas seguidas de dança repetidas por 24 horas.

 

A São Paulo Companhia de Dança preparou uma programação virtual para celebrar o Dia Internacional da Dança, dia 29 de abril. Ao longo do dia, o grupo exibirá em seu canal no YouTube apresentações de danças realizadas por mais de 800 artistas de diversos países do mundo.

A partir de 0h01, um vídeo com duração de oito horas começa a ser transmitido. Nas imagens, estão performances de até três minutos que exibem diferentes estilos de dança e foram enviadas por artistas da Ásia, da Europa e das Américas —além, é claro, do Brasil. A trilha sonora é formada por composições instrumentais de André Mehmari, criadas especialmente para o espetáculo. O vídeo se repete por 24 horas. A segunda exibição ocorre às 8h01. A última tem início às 16h01.

A seleção dos artistas foi feita de forma remota. A companhia divulgou o processo em suas redes sociais e procurou por artistas em grupos online. Segundo a organização, a ideia surgiu por uma necessidade de celebrar a dança nestes tempos difíceis para a cultura.

Em parceria com a Orquestra do Theatro São Pedro, a São Paulo Companhia de Dança também fará exibições online de três diferentes espetáculos que serão realizados presencialmente nos palcos do Theatro São Pedro, mas sem plateia. A transmissão acontece alternadamente no YouTube do Theatro e da São Paulo Companhia de Dança nos dias 29 e 30/4, a partir das 18h, e 1º e 2/5, a partir de 17h.

Serão exibidos “Grand Pas de Deux de Dom Quixote” e“Quarteto de Cordas nº 1”, ambas realizadas pela Orquestra do Theatro São Pedro sob a regência do maestro Cláudio Cruz. Completando a programação, a São Paulo estreia o espetáculo “Madrugada”. Na obra, são apresentadas 12 valsas.