Motorista de Buri é o mais recente vencedor de R$ 1 milhão na Nota Fiscal Paulista

Últimas Notícias

Um motorista de Buri, uma cidade do interior de São Paulo, teve a felicidade de receber um cheque simbólico no valor de R$ 1 milhão como prêmio da Nota Fiscal Paulista, nesta segunda-feira (27).

A cerimônia de premiação ocorreu na sede da Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz-SP), na capital, e contou com a presença de representantes de cinco entidades beneficentes do estado, sorteadas na 186ª extração do programa.

O novo milionário, de 52 anos, revelou que pretende utilizar parte do prêmio para reformar sua casa e auxiliar seus filhos. Participante do programa desde outubro de 2017, ele concorreu com seis bilhetes eletrônicos. “Ao longo da vida, tive muitos sonhos que não pude realizar e agora poderei concretizá-los”, afirmou.

Neste mês, cinco entidades de diversos segmentos foram premiadas com o valor de R$ 100 mil cada. São elas: Manaem, de Indaiatuba; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), de São Caetano do Sul; Casa do Pequeno Cidadão Nossa Senhora Aparecida, localizada na Vila Leopoldina, em São Paulo; Avistar, de Piracicaba; e Lar Anália Franco, de Jundiaí.

LEIA TAMBÉM: Nota Fiscal Paulista: dona de casa descobre na TV que se tornou milionária

A presidente da Avistar, Maria José Belloni Felipe, ressaltou a importância dos recursos recebidos mensalmente da Nota Fiscal Paulista para a manutenção da entidade que atende pessoas com deficiência visual. Ela destacou que o valor do prêmio será cuidadosamente avaliado pela diretoria, visando investi-lo da melhor forma em benefício da instituição. “Atualmente, atendemos cerca de 63 pessoas, desde bebês até idosos. Esse dinheiro foi uma surpresa muito bem-vinda, pois nos permite analisar a situação atual da instituição com recursos disponíveis para as necessidades que surgirem.”

Assim como Maria José, Silvia Gallo e Shirlene Queiroz, representantes da Casa do Pequeno Cidadão, enfatizaram a relevância do programa para o funcionamento adequado das entidades do terceiro setor. “Vamos utilizar o dinheiro para manter os serviços diários que oferecemos”, afirmaram. Fundada em 2007, a instituição tem como objetivo fornecer acolhimento temporário e especializado para crianças e adolescentes em situação de risco pessoal, social e abandono.

Edivete Belotto, vice-presidente da Apae de São Caetano do Sul, expressou sua alegria por receber o dinheiro neste mês, uma vez que a instituição já estava planejando investimentos iminentes. “Estávamos cotando alguns equipamentos essenciais, como equipamentos de otoneurologia, para melhorar nosso trabalho com os assistidos. Com esse prêmio, poderemos adquiri-los mais cedo do que esperávamos”, comemorou.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

O presidente do Lar Anália Franco, Miguel Annunciato Sobrinho, ressaltou as dificuldades enfrentadas pela entidade educacional durante a pandemia. “Foi um período desafiador que impactou nossas finanças. Instituições como a nossa dependem de parceiros e incentivos para sobreviver, por isso o dinheiro da NFP é muito bem-vindo.”

LEIA TAMBÉM: Nota Fiscal Paulista: novo milionário de março planeja investir prêmio na aposentadoria

Por fim, Silvana Amaro, assistente social e coordenadora de projetos do Manaem, comemorou pela primeira vez o prêmio de R$ 100 mil. Essa entidade atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, e o prêmio será de grande valia para a manutenção e assistência prestada.

Sorteio de maio

Na 186ª extração da Nota Fiscal Paulista, concorreram os participantes que realizaram compras em janeiro de 2024 e incluíram seu CPF/CNPJ no documento fiscal. No total, foram sorteados 655 prêmios totalizando R$ 6,7 milhões.

Consumidores de todo o país podem participar do programa, bastando indicar seu CPF nos documentos fiscais de estabelecimentos em São Paulo participantes da Nota Fiscal Paulista. Para concorrer aos sorteios e usufruir dos créditos gerados, é necessário se cadastrar no programa, saiba mais acessando o link.

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista

Criada em outubro de 2007, a Nota Fiscal Paulista faz parte do Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Governo do Estado de São Paulo e contribui efetivamente para reduzir a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras em São Paulo.

O sistema destina até 30% do ICMS recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcionalmente ao valor da nota.

Os créditos podem ser acompanhados online e utilizados para o pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. Além disso, é possível doar o documento fiscal a entidades sociais, de saúde, educação, defesa animal ou cultura cadastradas no programa, se assim desejar. Essa escolha é pessoal e exclusiva do consumidor.

Desde janeiro de 2019, consumidores e entidades cadastradas passaram a receber seus créditos mensalmente, que ficam disponíveis por um ano a partir da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento nesse período. O valor mínimo para transferência é de R$ 0,99.

A Nota Fiscal Paulista já distribuiu aproximadamente R$ 18,6 bilhões aos participantes, sendo R$ 16,5 bilhões em créditos e mais de R$ 2,1 bilhões em prêmios ao longo dos 186 sorteios realizados.

Para conferir os créditos, participar dos sorteios ou obter mais informações sobre a Nota Fiscal Paulista, acesse o site oficial. Para baixar o aplicativo do programa, visite a loja de aplicativos do seu smartphone ou tablet.